Biografia Newton Cannito

Newton Cannito é diretor ,roteirista, humorista e consultor de storytelling.  

Entre outros roteiros foi criador da série 9mm: São Paulo (Fox) e roteirista da série Cidade dos Homens (Globo).

É autor de livros como Manual de Roteiro, A Televisão na Era Digital, Choque de Tropicalismo e vários livros de humor, como Novos Monstros, Confissões de Acompanhantes, Manual do Bullyng, Deus é humor, entre outros.

Sua pesquisa é focada na relação entre narrativa e realidade e desenvolveu a técnica de coaching storytelling, que usa as técnicas de storytelling para ajudar você a criar sua autobiografia, promovendo o autoconhecimento. Uma das técnicas é a Psicomédia, espécie de psicodrama humorístico que reconta as histórias tristes em tom de comédia ajudando a pessoa a entender o sentido maior dos fatos e a superar a tristeza.

Cannito tem também experiência como gestor. Foi Secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura, em 2010. Sua gestão teve como ênfase os conceitos de inovação em audiovisual, tema de livros como “Choque de Tropicalismo”.  

Em 2016 dirigiu o longa “Magal e os Formigas”, o roteiro dele e de Marcos Takeda, foi desenvolvido a partir do método Fabular a Vida.

Atualmente está focando em projetos que escreve  como criador, produtor/showrunner  ou somente diretor.

 “Como criador estou esse ano fazendo o Z4 (serie para o SBT). E provavelmente terá segunda temporada de Unidade Básica”.

Como diretor  tem dois projetos bem avançados que devem sair até o fim do ano. Um chama Puta Lição (roteiro do Newton, do Matheus Colen e Marcos Takeda) e outro sobre Cornelio Pires, o inventor da música sertaneja. Esse segundo é uma produção do Pedro Rovai, produtor de Tainá.

Como roteirista está escrevendo  o Bateau Mouche  e  um outro  um longa que está escrevendo com o Luiz Eduardo Soares,  ainda sem nome. Ambos já tem financiamento e são produções de grande porte.